Como abrir uma ótica

Como Abrir Uma Otica Post - Prone Contabilidade

18 abr Como abrir uma ótica

Entenda melhor como abrir uma ótica e tenha uma visão mais clara sobre o seu futuro empresarial!

Você tem vontade de abrir uma ótica, mas não sabe por onde começar? Nem os processos que deve realizar?

Então fique tranquilo, pois estamos aqui para te ajudar e indicar o melhor percurso e as melhores estratégias que irão te deixar mais seguro e preparado para iniciar seu mais novo empreendimento, do jeito certo!

Vamos lá?

Quais os tipos de ótica existentes?

Bom, existem 2 tipos, sendo eles:

  • Ótica básica e
  • ótica plena!

Ótica plena

A ótica plena exige maior investimento em estrutura e equipamentos, que são mais complexos do que na ótica básica.

No caso da ótica plena é mais complicado de colocá-la como empresa de pequeno porte ou microempresa, já que ela envolve maiores investimentos e faturamentos.

Sendo assim, nesse tipo de ótica, é possível:

  • Fabricar lentes ou terceirizar;
  • Execução de montagem de óculos corretivos ou solares;
  • Atendimento de exame optométrico pleno;
  • Adaptação e vendas de lentes de contato;
  • Vendas de armações.

Ótica básica

Já na ótica básica os serviços são mais limitados, se restringindo a:

  • Fabricação e vendas de lentes;
  • Execução ou montagens de óculos corretivos ou solares;
  • Vendas de armações.

Oportunidade que envolve moda e acessórios!

Há alguns anos atrás os óculos eram vistos apenas como uma necessidade de proteção, correção ou melhoria da visão, no entanto, hoje, se ampliam às possibilidades e soluções trazidas por esse segmento.

Assim, a estética vem surgindo nesse meio como uma realidade que é também ditada pela moda e por tendências relacionadas à beleza. Isso faz com que a oferta de produtos se torne melhor e mais atraente, visto que modelos de lentes, armações e estilos possam dar um “upgrade” ao visual dos clientes.  

Pesquisa de mercado

Ao se pensar em abrir uma loja de óculos ou ótica, é preciso entender o perfil e tipo de mercado a ser atendido. Exemplos:

  1. Ótica com produtos populares, a preços acessíveis e atendendo diversos públicos: A, B, C, D ou E;
  2. Ótica com produtos de marca famosa, focando no público de maior poder aquisitivo.

Essa definição dará parâmetro ao faturamento, e, através disso será, possível dimensionar outros gastos com:

  • Estoque;
  • Decoração da loja;
  • Quantidade de funcionários;
  • Região a ser atendida.;
  • Etc.

Localidade

Outro ponto de grande importância: onde a loja ficará?

  • Como são as vias de acesso?
  • Quais são os bairros mais próximos?
  • A ótica possui estacionamento próprio, está em galeria, o cliente tem de pagar estacionamento ou não?

Quais são todos os valores agregados a localidade? É seguro? É fácil de encontrar?

Gestão contábil para óticas

Por fim, é de extrema importância e merece destaque, a gestão contábil para ótica!

Há ainda quem pense que o contador serve apenas para emitir guias e fazer o cliente pagar um monte de tributos, mas a grande verdade é que a contabilidade especializada em óticas é gerida por elementos-chave como o planejamento tributário para ótica:

  • Fazendo você pagar menos impostos e taxas;
  • Gerando melhores decisões e escolhas;
  • Criando estratégias de melhorias nas vendas da ótica, com um ponto de equilíbrio bem estruturado;
  • Entre outros pontos bem importantes!

Por isso, se você quer abrir corretamente sua ótica e se deseja atuar com foco no sucesso, venha conversar conosco e ficaremos felizes em poder ajudar!

Ainda possui alguma dúvida? Que tal entrar em contato com a Prone Contabilidade?

Somos uma Contabilidade Vila Bertioga -SP, especialistas no seu negócio para ajudá-lo.

Será um prazer conversar!

Acesse nosso Facebook: @proneassessoria

Assine nossa newsletter

Receba dicas valiosas para o seu negócio semanalmente!

Compartilhe nas redes!

Nenhum Comentário

Postar um comentário

Recomendado só para você!
A desmotivação no trabalho pode ser algo crescente e comum…